017-Site.png

Biblioteconomia e diagramação

Neste post você irá descobrir 5 características que indicam que bibliotecárixs podem ser excelentes diagramadorxs!

Olá! Tudo bem?

Ultimamente temos recebido vários contatos de potenciais clientes nos perguntando se fazemos o serviço de diagramação e, mais do que somente responder com uma proposta orçamentária (o que já é de praxe) temos nos questionado como poderia ficar mais claro que a Biblioteconomia tem tudo a ver com esse tipo de atividade.

Então, resolvi fazer este post especialmente para você que ainda tem dúvidas sobre a afinidades dessas áreas e, para ficar mais fácil, listei as cinco características que fazem de todx bibliotecárix um bom diagramadxr.


1 Profissional da informação

A Biblioteconomia está enquadrada dentro de uma grande área chamada Ciência da Informação e, portanto, seus profissionais são igualmente considerados como especialistas que se utilizam dessa “informação” como matéria-prima para as suas atividades. Se pensarmos a hierarquização do conteúdo como a base para uma boa diagramação, podemos entender que xs bibliotecárixs têm as competências necessárias para executar a tarefa de analisar, decupar e disponibilizar da melhor forma os dados a serem diagramados.


2 Natureza organizadora

Qualquer curso superior de Biblioteconomia tem como disciplinas obrigatórias de seu currículo escolar, as matérias que tratam da organização do conhecimento, como classificação e indexação. Pessoas que escolhem esse tipo de profissão, em sua grande maioria (apesar de não ser uma regra) são organizadas e possuem um bom pensamento hierárquico para estabelecer um grid de leitura ou diagramar os diferentes blocos de informação que possuem um mesmo microtema em cada página.


3 Facilidade com padrões

Pense em uma área cheia de regras, normas, códigos e padrões! Ao longo dos anos, a Biblioteconomia se cercou de ferramentas que auxiliassem na manutenção das atividades de maneira que elas fossem realizadas sempre da mesma forma, aumentando a eficácia e tornando mais fácil a recuperação das informações por parte dxs usuárixs. Essa habilidade é extremamente importante na etapa de definição tipográfica e na escolha das imagens na diagramação, que devem seguir um leiaute único e pré-estabelecido de acordo com as características do público-alvo que se pretende atingir.


4 Atenção aos detalhes

Na catalogação, um ponto colocado no lugar errado faz uma enorme diferença para a recuperação da informação. Desta forma, podemos dizer que xs bibliotecárixs são profissionais que prezam pelos detalhes e estão sempre atentxs à padronização definida e quando ela pode ser evitada. Ou seja, definir uma identidade visual e ao mesmo adicionar elementos de destaque para a criação de um design único não será um problema.


5 Foco no leitor

Profissionais da informação são mediadores por natureza, são pessoas cujo objetivo é conectar quem busca ao que se busca. Agora pense, se todo serviço de diagramação fosse realizado com o foco no leitor não seria mais fácil de entendermos tantos manuais ou mais agradável de lermos e-books, por exemplo? Com a prática da utilização das ferramentas certas, x bibliotecárix tem as condições perfeitas de desenvolver um excelente serviço de diagramação “pensado para pessoas”.


Por aqui, fazemos diagramação acadêmica e corporativa em diversos tipos de materiais e com as mais variadas finalidades. Desde um manual de procedimentos internos do departamento de uma empresa até um e-book criado a partir das apresentações de um evento acadêmico (além, claro, de livros eletrônicos tradicionais para o mercado editorial). Mas queremos saber de você, trabalha ou conhece alguém da área de Biblioteconomia que atua com diagramação? Comenta ou marca a pessoa para conhecermos e trocarmos figurinhas! 😉

Ro Gravina

Cofundadora da Metodológica, responsável pela área de empreendedorismo e inovação. Leitora analógica. Organizada, mas nem tanto. Sagitariana, pra quem curte essas paradas. Uma bibliotecária fora da biblioteca.

Adicione o seu comentário

Posts Relacionados